Enciclopédia Ecológica e Ambiental

Conheça os principais conceitos e termos utilizados na ecologia e meio ambiente. Uma verdeira enciclopédia ambiental e ecológica. Se tiver alguma sugestão basta nos enviar por e-mail: soambientais@gmail.com.

De acordo com a definição mais consensual é o desenvolvimento que consegue conciliar crescimento econômico e social com preservação e manutenção do meio ambiente para as gerações futuras. 

Economia verde é a economia (em termos abrangentes) que se utiliza de processos produtivos que geram um desenvolvimento sustentável.  De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP) como "uma economia que resulta em melhoria do bem-estar da humanidade e igualdade social, ao mesmo tempo em que reduz os riscos ambientais e a escassez ecológica".

A Pegada Ecológica (em inglês ecological footprint) é uma medida que mede a pressão exercida do consumo humano sobre o meio ambiente.   Em outros termos, seria a uma média aproximada da quantidade de recursos naturais que consumimos direta ou indiretamente para manter nosso estilo de vida.

Como faço para medir minha pegada ecologia?

O método mais fácil é através de calculadoras disponíveis gratuitamente na internet. Basicamente essas calculadoras medem o seu consumo através de uma serei de perguntas que você responde.

 

Segue uma lista com sites onde estão disponíveis calculadoras de pegada ecológica:

www.wwf.org.br

www.pegadaecologica.org.br

web.ist.utl.pt

www.footprintnetwork.org

Biota é o conjunto de todos os seres vivo de determinada região ou meio ambiente. Em termos populares seriam  todos animais, plantas e organismo e micro-organismos de um local.

Ecossistema é o conjunto de interações entre todos seres vivos de determinada região e seu ambiente. É o conjunto de relações entre os organismos e seu habitat(espaço e fatores abióticos).

Em termos práticos o ecossistema é representado por todas as relações que o organismos tem entre si e o seu ambiente.  

Biótico é relativo à vida, logo os fatores bióticos são os elementos provocados pelos organismos no ecossistema como as relações mantida entre espécies como predação ou competição.  Já abióticos são os fatores recebidos pelo ambiente como luz, temperatura, umidade, calor, salinidade, acidez entre outros.

Orgânico é a características pertencente aos organismos  vivos, ou seja ,compostos neles naturalmente. Na química um exemplo de composto orgânico é o carbono pois está presente em todos seres vivos.

 

Inorgânico é algo que não próprio dos organismos vivos naturalmente ou um compostos  artificialmente através de combinação.

Uma RPPN é uma Reserva Particular do Patrimônio Natural.  Essas unidades de conservação que ficam a encargo de seus proprietários foram instituídas a partir em 1996 e hoje são reguladas pelo Decreto nº 5.746/2006.

Também conhecidas pela sigla UC, as unidades de conservação são áreas de proteção ambiental de acordo com a Lei 9.985 de 2000.

 

As UCs são divididas em:

Estação ecológica, monumento natural, parque, refúgio de vida silvestre, reserva biológica, floresta, reserva extrativista, reserva de desenvolvimento sustentável, reserva de fauna, área de proteção ambiental , área de relevante interesse ecológico e RPPN.

Permacultura  é um sistema de produção de alimentos ou agricultura de maneira harmônica com a natureza, ou seja,  uma das modalidades que conhecemos como agricultura sustentável.  O termo foi cunhado pelo australiano Bill Mollison em uma analogia à Agricultura Permanente.

Tecnicamente a Permacultura é um planejamento agrícola que incentiva o uso dos recursos naturais locais para ou mesmo.  

Aquífero é uma formação geológica permeável que pode armazenar água.  Um sistema aquífero é formado por essas formações geológicas permeáveis armazenando água no subterrâneo formando poços e até mesmo lagos. 

 

Os sistema aquíferos são fundamentais para absorver o excesso de águas da chuva. 

 

Ciclos biogeoquímicos são os ciclos naturais dos elementos químicos no ecossistema entre os seres vivos e o meio ambiente.  Por isso, o nome de ciclos biogeoquímicos; bio(seres vivos), geo(meio ambiente) e químico(elementos).  Alguns ciclos biogeoquímicos são bem conhecidos como o ciclo do carbono, água, nitrogênio e oxigênio. 

 

 

Conservação é a utilização do espaço natural através de práticas sustentáveis.  É o uso responsável da natureza. Em uma área de conservação é permitido seu uso sustentável como plantações agrícolas ou extrativismo.

 

No caso preservação é a proibição do uso do espaço natural. Em espaço preservados não é permitido qualquer utilização, a área fica restrita sem sofrer qualquer modificação.

Dica: 

Para não confundir mais os termos é só lembrar que alimentos em conserva podem ser consumidos, todos começando com C e preservação com P assim como Proibição. 

Recursos renováveis são recursos que ficam disponíveis por um tempo após seu uso por meio de ciclos. Entre os mais conhecidos desses recursos renováveis está água.  Anteriormente esse conceito era um pouco diferente, acreditava-se que os recursos renováveis eram infinitos, o que não é mais um consenso, por isso na definição mais utilizada entende-se que os recursos renováveis ficam disponíveis após algum tempo. Ou seja, pode-se utiliza-los novamente várias vezes. 

 

Já os recursos não renováveis são aqueles que ficam indisponíveis após o seu uso e são considerados sensíveis à exploração, o que significa que podem se esgotar depois de um tempo.   Um exemplo bem conhecido é o petróleo. 

SEEA vem de Sistema Integrado de Contabilidade Econômica Ambiental. É uma metodologia desenvolvida pela ONU que inclui no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) variáveis ambientais. 

Lixiviação é a extração de componentes químicos de uma rocha. O processo usa fluído percolante(passagem de solventes em materiais porosos). Em mineração o processo é usado para separar matérias valiosos.

 

Em geologia o termo lixiviação é geralmente usado para se referir a separação de sais minerais do solo pelo processo erosivo causado pelas águas pluviais(chuva).

Um bioma é um conjunto de seres vivos (animais e vegetais) que habitam determinada área com condições geoclimáticas similares.  Na prática os biomas são marcados por uma vegetação predominante e continua. O conceito de bioma foi cunhado pelo botânico Frederic Clements.

Bioma x Ecossistema

É muito comum existir uma confusão entre bioma e ecossistema, mas são conceitos com cargas valorativas um pouco diferentes. Enquanto o conceito de Bioma prioriza o meio físico, ou seja, aspectos que podem ser considerados até mesmo estéticos, como a vegetação similar, o ecossistema se ocupa das interações que ocorrem em determinada área. Na pratica isso significa que em um mesmo bioma podem existir diversos ecossistemas. 

Um hotspot é uma área que possui uma grande biodiversidade endêmica, ou seja natural da região, ameaçada de extinção.

Na prática são várias especies ameaçadas ocupando uma pequena área. Para o local ser considerado hotspot as espécies precisam estar ameaçadas de extinção e serem endêmicas. 

De acordo com Maria José Aragão¹, biodiversidade é a variabilidade entre os organismos vivos de todas as fontes sejam elas aquáticas, terrestres ou subterrâneas e inclui a diversidade genética e de características entre os organismos.